O cachorro-quente com pinhão do Green Dog está de volta

Escrito por

cachorro-quente-pinhão

O cachorro-quente com pinhão do Green Dog está de volta. O frio está chegando e com ele várias iguarias e comidas típicas que sempre agitam o mercado gastronômico. Quem mora na região de Curitiba já está acostumado com as festas juninas com quentão, pipoca e principalmente o pinhão. Normalmente cozinho na água com sal, vem sendo consumido de diversas maneiras há séculos por todo mundo que já habitou a região.

O pinhão é um dos símbolos do Paraná. Sua semente era usada pelos índios Caingangues, nativos originais do sul do Brasil, como fonte de proteína. Para preservar e esconder de outros animais, os índios usavam a argila, cobrindo e enterrando as sementes para comer quando chegasse a escassez.

No Green Dog o Pinhão fica marinado no azeite de oliva. Para o preparo, douramos com cebola que será adicionada a nossa base com salsicha, maionese, purê, tomate, milho, farofa e batata palha.

Maio é tempo de pinhão! O Green Dog tem um lanche especial para a época em que o Pinhão é o astro principal: NhãoPi Com o pinhão podemos fazer várias receitas. Doce ou salgado é uma iguaria.
com cebola. Criado com o conceito biorregionalista é o lanche para quem não perde oportunidades.

NHãopi = Pinhão + cebola + amendoim (opcional). Experimente!